terça-feira, 8 de março de 2011

Bichos que voam

Encontro de corpo solto e corpo
solto
poesias entre-
outras linhas
-cortadas.
E movimento circular é dança
nuvem de imaginação
vôo livre
pra longe daqui
longe de longe de longe
daqui.

Olha, nada sei de beleza além da compreensão
nada sei de distinguir
coisas feias de coisas tristes
mas repara...
a arrogância dos insetos
a arrogância dos felinos
a arrogância dos modestos
a arrogância dos cretinos.

2 comentários:

  1. uau, Nilson, como é bom ler boa poesia.
    beijo grande, viu?

    ResponderExcluir
  2. MM,

    muito bom receber sua visita! ;)

    Beijo!

    ResponderExcluir