quarta-feira, 13 de outubro de 2010

Mínimas

nubla

pois a noite
de sozinha
também sofre

e definha

****

sedna

aflito e relapso
elíptico e ártico
esquecido céu

exausto sepulcro
orbita

****

feito

desenham-se gestos
de voz e conceito
um claro contesto
a puros e eleitos

não raro confesso...

Feito!

****

marés

não vinga o ponto
nem vem a prumo

nunca há desconto
sempre há consumo.

2 comentários:

  1. Larissa,
    Esses nasceram no BdE, "conversando" com os seus, lembra?! Valeu muito!

    Beijo!

    ResponderExcluir